O décimo segundo mês da Marina (mais conhecido como o mês em que ela completou um ano)

marina1ano4Nem dá para acreditar, mas no último dia 18 (tô bem adiantada para escrever aqui, viu? #sqn) essa mocinha completou um ano de vida. No dia, fiz um post com alguns pensamentos sobre a data e o que ela significou para nós e, no fim, nem coloquei nossos queridos tópicos de desenvolvimento. Gente do céu. Acho que não tenho mais uma bebê em casa e sim uma pequena criança que não para nem por um segundo (bem, é isso o que a gente deve esperar de uma criança mesmo, não é?). Então, vamos aos fatos:

– Marina começou a andar para valer. Aos 11 meses, ela já arriscava passinhos e caia, mas desde o aniversário, a habilidade foi desenvolvida meeesmo. Vai para todos os cantos e até anda bem rapidinho, quase correndo, trotando… Não sei como classificar com precisão essa modalidade de caminhada bebezística que consiste em andar rapidamente com os braços para cima.

– Ainda engatinha, dependendo da situação. Geralmente, quando a preguiça fala mais alto. E nessa de engatinha, anda, cai, se arrasta, as roupas vão ficando um cacareco. Ainda bem que ela ganhou bastante na festinha de 1 ano (sobre a qual pretendo postar em breve também).

– Ela usa tênis agora. Tá certo que eu preciso dar dois nós bem apertados no cadarço para ela não tirar,  mas tudo bem.

– Aprendeu a descer da cama de bundinha. Também sobe no sofá, dependendo da altura.

– Aprendeu a colocar as mãozinhas na frente quando cai. Assim, as batidas de cabeça diminuíram, depois do primeiro galo (formado no dia do aniversário – tô devendo a história).

– Subir escadas é agora um de seus esportes preferidos – TEM-ÇO. Basta uma bobeada e ela está lá, escalando degraus. Tem que ficar de olho sempre. Um dia resolvi subir com ela, pensando: “Vou junto. Assim satisfazemos a curiosidade com segurança e depois ela desencana”. Pois subimos a escada INTEIRINHA. Eu atrás, na retaguarda, com o coração na mão e a mão pronta para segurá-la, caso houvesse algum sinal de desequilíbrio. Mas por que, meu Deus? Aí é que ela tomou gosto pela coisa. Home office, academia office.

– Comer continua não sendo nenhum problema para Marina, que possui um estômago de avestruz. Come de tudo e mais um pouco, menos açúcar e fritura. Senti vontade de gargalhar quando fomos ao pediatra depois do aniversário e ele falou: “Olha, agora você pode amassar um pouco menos a comida dela e pode COMEÇAR a introduzir a mesma comida da casa, viu?”. Sabe de nada, inocente.

– Continua com seis dentinhos, mas desconfio que tem mais para chegar. Ela fica irritadinha de vez em quando, sem motivo aparente.

– Dorme muito bem a noite e nada, nada de dia. Obstáculo para o home office da mamãe.

– Continua dormindo com a gente na cama. E estamos bem assim, obrigada.

– Fala alemão, sem nunca ter feito uma aula. Conversa sem parar em uma língua que muito se assemelha à germânica (com a qual eu não tenho, nem nunca tive, a menor intimidade).

– Quando não fala pseudo-alemão, fala nenê, mamã, papá (de papai e de ‘papar’), ábum virou ácum (e significa ‘água’. Tá chegando perto, vai?) e adivinhem qual é sua palavra preferida? TETÊ!

– Imita tudo o que a gente faz. Muito cuidado nessa hora.

– Tomou leite de vaca porque queria imitar o primo durante uma semana que ele passou aqui. Bebia um pouquinho e parava. Depois, queria tetê, tetê, tetê da mamãe. Continua insubstituível.

– Está com 9 kg e 75 cm.

– Os cabelos estão crescendo. Continuam loirinhos e acho que estão formando caracoizinhos na pontas.

– Não cabe mais no balde, então, voltou a tomar banho na banheira. E agora adora banho de novo. Não quer mais sair.

E é isso. Uma evolução sem fim. Fase muito boa essa, em que ela aprende tudo muito rápido e a cada dia surpreende a gente com uma gracinha diferente. Sei que sou suspeita para falar, mas o meu amor por ela cresce a cada dia. É uma fofa, essa Marina. CORUJA ROCKS.

marina1ano3

marina1ano5

marina1ano2

marina1ano1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s