O décimo primeiro mês da Marina

10403527_735526296489017_8319642437090880078_n (1)

É isso, gente. Esse já foi o último mesversário da Marina. Você acredita? Eu quase não consigo. Não fosse eu a pessoa a parir essa bebezoca de olhos bem atentos e abertos há 11 meses e alguns dias, eu acharia que era mentira, de tão rápido que tudo passou. Falo isso agora, porque na “punkeza” dos três primeiros meses eu achava bem devagar. Enfim, espaço e tempo são relativos. Para mães, são mais ainda.

O último mês foi cheio de novidades. Senti um desenvolvimento muito, muito grande. Muitas coisas mudaram. Ela parece até outra criança. Em trinta dias, ela deixou de ser aquele bebezinho para virar uma bebe/criança, cheia de personalidade e, pasmem, independência. Atribuo boa parte de tanta evolução à aquisição da habilidade de se locomover. Engatinhando ou andando apoiada nas coisas, ela consegue comunicar onde quer estar.

Vamos aos detalhes:

– Como disse acima, ela já se locomove muito bem pela casa – e pelo chão de onde estiver. Aprimorou a habilidade de engatinhar e treina passinhos apoiada em móveis e em pessoas. Fica em pé sozinha, sem apoio, e agacha sem cair quando cansa. Mas quando percebe que está em pé sozinha parece que rola um pânico e ela corre para encostar em algo ou em alguém.

– Um de seus esportes preferidos é mergulhar de cabeça da cama para o chão. Como é uma bebê dorminhoca, sempre acordo antes dela. Aí vou para a cozinha, aproveito para dar um jeito na casa ou fazer algum trabalho atrasado. De tempos em tempos vou lá olhar se ela ainda está dormindo. Mas nesses intervalos, não é raro ouvir um barulho e perceber que ela tentou descer da cama de cabeça e cataploft no chão. Às vezes chora, outras, não. Em uma das vezes que eu estava na cozinha e a deixei dormindo com o pai, comecei a ouvir a voz dela cada vez mais perto. Quando fui olhar, ela estava de pé no batente da porta do quarto, vindo na minha direção. Até hoje não entendi se ela caiu silenciosamente e levantou ou se conseguiu colocar em prática o que eu ensinei sobre descer de bundinha.

– Ela já tem seis dentinhos! Estão crescendo mais dois na parte de cima da boquinha.

– O cabelo ainda não é muito, mas cresceu mais e está clarinho.

– Ela dá risadas, gargalhadas e tosses forçadas quando quer. E ela sempre quer!

– Aprendeu a falar “abum”, que traduzimos como “água”. E como toma “abum” essa garota.

– Exceto pelo “abum”, “papapapapa” e “mamamama”, que a gente consegue traduzir, ela tem um dialeto próprio, formado por sílabas variadas, às vezes repetidas à exaustão, às vezes, misturadas numa salada de letrinhas.

– Continua comendo como um pequeno dragão. Feijão e laranja são favoritos (a absorção de ferro agradece a combinação!)

– Aprendeu a dar um tchau todo particular, que mais parece um sinal de “vai embora, vai”.

–  Ela também aprendeu a bater palmas. Quando alguém canta “Parabéns”, ela já logo começa. Na parte do “E para a Marina nada!”, ela levanta as duas mãozinhas para cima. Óin.

– Também aprendeu a abrir a boca e fazer tipo um “hãã”, tipo de susto, sabe?

– Uma das brincadeiras favoritas dela é se agarrar a mim, enquanto alguém (pai, vó, vô) vem até nós duas ameaçando “Vou pegar!”.

Enfim, é um aprendizado constante. Parece bobo e clichê, mas é verdade: cada coisinha faz nosso coração pular de alegria.

Agora estamos a mil com os preparativos do aniversário da pequena. Vai ser tudo bem simples e vamos fazer tudo em casa mesmo. Festa de criança como antigamente, como sanduíche de carne louca, bolo, brigadeiro e música da Xuxa. Depois dou mais detalhes e conto como foi.

 

Bagunça com o primo

Bagunça com o primo

 

#tatendocopa

#tatendocopa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s