O segundo mês da Marina

É, mais um marco para nos fazer perceber que o tempo não passa. Ele voa! Marininha já completou dois meses de vida. E parece que foi outro dia que eu comprei o teste de farmácia e vi aqueles dois risquinhos lá… Vamos lá, listar o que mudou nesse segundo mês:

doismeses_01 doismeses_02

Para a Marina

– Ela já distribui sorrisos lindos ao longo do dia, uma bela retribuição para os pais que passavam dias e noites alimentando, trocando fraldas e fazendo dormir. Agora, os sorrisinhos tornam essa rotina uma coisa MUITO mais mágica.

– Ela não fica mais vesguinha com tanta frequência e consegue seguir objetos com os olhos.

– Ela já se encanta com cores diferentes e, portanto, acha graça em alguns brinquedinhos para os quais ela não dava a mínima há alguns dias. O tapetinho de atividades é uma bela de uma distração. (Obrigada, Cris!)

– A mão fica o tempo todo na boca. Acho que ela descobriu que tem uma mão.

– Ela engordou 1,5 kg desde que saiu da Casa de Parto e cresceu 8 centímetros. De acordo com o pediatra, temos um projeto de top model em casa. Ao que tudo indica, ela será magra e alta. Atualmente, nossa futura Gisele Bündchen tem 4,450 kg e 58 cm.

– De repente, aquelas roupinhas cujas mangas precisavam ser dobradas umas três vezes já não servem mais. Ela já perdeu várias peças, inclusive o macacão de patinho que usou no primeiro dia de vida. Não estou preparada para isso. Sério.

– Ela dorme mais. Ufa! Tirando os dias que ela resolve pregar peças nos pais, ela dorme umas 7 horas seguidas durante a noite. Geralmente, pega no sono meia-noite e vai até umas 7h da manhã. Ótimo para uma RN!

– Apesar da tentativa de mantê-la com um mínimo de distância dos gatos, já flagrei Téo e Laura dormindo do ladinho (quando não em cima) dela umas duas vezes. E os pelos deles fazem parte da decoração do berço. Mas tudo bem, porque eu li que a convivência com bichos faz as crianças terem menos alergias no futuro. Superacreditei.

Para mim:

– Ando me soltando e perdendo o medo. Percebo a cada dia que bebês não são tão frágeis quanto parecem.

– Aprendi a ignorar mais ainda os conselhos e palpites que não funcionam para mim. E ainda faço cara de paisagem!

– Me acostumei aos horários dela, que têm ficado cada vez mais previsíveis.

– Meio que já sei distinguir os choros e expressões dela, o que facilita bastante a nossa rotina e a convivência.

– Me divirto com os sorrisos dela, sempre. Não importa quantas vezes ela repita a operação, me comovo em todas.

– A rotina do sono se tornou mais fácil desde que aprendi com uma amiga a deixar uma peça de roupa minha (usada, com cheiro de mãe) com ela no berço. O sono vem mais fácil e vai mais longe. Thanks, Gabi!

– Aprendi que é possível fazer muitas coisas com uma mão só.

– Ainda preciso perder dois quilos que não me pertenciam antes da gravidez.

– Meus peitos finalmente estão cicatrizando e amamentar ficou muito mais fácil. Mas confesso que ainda não acho gostoso, como vejo nas campanhas por aí. Acho importante e fundamental para o desenvolvimento e para a saúde da minha filha e farei até quando for necessário, sempre e quantas vezes ela quiser. Mas se eu disse que é gostoso o tempo todo, estarei mentindo. Pronto, falei. Gostoso mesmo é o sorriso dela de barriguinha cheia depois.

– Consigo me sentir menos aflita quando dirijo sozinha com ela atrás na cadeirinha, virada de costas. (Lembrando que “menos aflita” é diferente de “tranquila”).

. doismeses_04

doismeses_03

 

 

+ LEIA AQUI: O PRIMEIRO MÊS DA MARINA

Anúncios

12 opiniões sobre “O segundo mês da Marina

  1. Oi, que linda sua baby!! A minha está com 3 meses, já mudou bastante, a única coisa ruim é que a nova pediatra dela descobriu que ela tem alergia a proteína do leite, coisa que o outro pediatra não descobriu, então minha baby ficou com dores todo esse tempo, hoje ela vai começar a tomar leite especial pra isso, eu não amamento mais, acabou o leite, e mesmo quando eu amamentava também não achava bom não, achava necessário e passei bastante trabalho para amamentar também, até que fiz uma consultoria de amamentação e melhorou, mas não passou a ficar gostoso como as propagandas mostram…hehehe

    Bjs

  2. Que linda! Parabéns pela filhota! Tenho certeza que você aprenderá ainda mais coisas todos os dias. E a ela desejo muita saúde, e sendo top model ou não, que ela seja muito feliz! Tenho uma amiga que teve uma filha a 5 meses atrás e ela me contou algo que achei bem engraçado. Ainda na maternidade ela estava segurando a filha toda com medo, aquela coisa de quem tá com receio de quebrar a neném. A enfermeira percebeu e disse a ela: “Olha, não precisa ter esse medo todo não! Ela não é assim tão frágil como você pensa. Ela acabou de sair do seu canal vaginal, por isso digo que ela é bem forte e resistente!” Nossa, faz todo o sentido!
    Beijos,
    Rita
    http://melancianabarriga.blogspot.com/

  3. Sua Marina está cada dia mais linda!!! A minha pequena rainha Valentina completou 2 meses dia 05/09 e assim como a Marina,descobriu que tem mãos e adora colocá-las na boca,às vezes vai com tanta sede ao pote que até engasga…rs…o que fazer? Fico o tempo todo de olho.
    Uma curiosidade…eu ainda não curto sair com ela,me sinto insegura mesmo acompanhada…além de sentir falta da elevada auto-estima que tinha quando estava grávida,depois que ela nasceu me sinto feliz,realizada,abençoada…mas com baixa-estima,vc sente algo parecido?
    Saúde pra vcs!!!

    • Oi, Paula. Tudo bem?

      Primeiro, obrigada pelo comentário e pelos elogios à Marina.

      Acho que quanto à mãozinha na boca, não tem mesmo muito o que fazer, a não ser deixar a pequena vivenciar essa descoberta. Outras virão!

      Olha, sair com ela é justamente o que me ajuda a recuperar a autoestima, sabia? Bom poder espairecer, fazer minhas coisas na rua, ver outras pessoas… No meu caso, foi ponto fundamental para saber que há vida após a chegada do bebê. Hehe! Comece aos pouquinhos, indo a lugares mais próximos, dando uma voltinha no quarteirão e depois vá aumentando o trajeto. Veja também qual a melhor forma de levar o seu bebê. Eu adoro colocar a Marina no wrap sling!

      Beijos!

  4. Pingback: O terceiro mês da Marina | Casa, cozinha e fralda trocada

  5. Pingback: O quarto mês da Marina | Casa, cozinha e fralda trocada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s