Mãe boba

Imagem

Imagem: Pinterest

Quando as pessoas dizem que as mães são bobas, não duvide. Agora eu sei que somos mesmo. Tão bobas de amor que não vemos a hora de todo mundo perceber que estamos grávidas. No início, é aquela vontade irrefreada de querer contar a novidade para todo mundo – vontade que, no meu caso, não foi muito contida graças aos avós (que são bobos duas vezes) e ao papai ansioso.

Depois, a gente fica esperando a barriga crescer para qualquer estranho na rua notar que, sim, carregamos um pequeno tesouro dentro de nós. Achei que a minha demorou até demais para ser notada. Eu ficava pê da vida quando usava o transporte público e nenhuma alma perguntava se eu queria sentar, porque sou gestante. Depois, pensando, sei que as pessoas às vezes não percebem ou ficam sem graça de perguntar, porque eu poderia simplesmente ser alguém gordinha, que certamente não responderia à pergunta e sairia dali aos prantos, chegaria em casa e 1) começaria uma dieta extrema ou 2) cogitaria cortar os pulsos por terem me confundido com uma grávida. Eu sei. Eu mesma já fiquei na dúvida se deveria fazer a pergunta para outra pessoa quando ainda não era eu – se bem que, na dúvida, eu levantava. Mas… cada um com a sua educação, né?

O fato é que minha barriga começou a ficar mais declarada agora, na metade do sexto mês. Na semana passada, eu estava na fila do caixa de uma perfumaria e o funcionário me perguntou se eu era gestante. Eu respondi que sim e ele me informou que eu poderia passar na frente. Me senti nas nuvens. Não por poder passar na frente, eu nem estava ligando para isso àquela altura. Mas porque aquele moço que nunca tinha me visto na vida tinha reparado que eu estava grávida. Sinal que já dá mesmo para ver!

Hoje foi a segunda vez. Voltei do trabalho de ônibus e, quando entrei, os lugares reservados estavam todos cheios e as pessoas, (olha que incrível coincidência!) estavam todas dormindo. Fiquei com uma cara de brava, pensando: “Pô, ninguém vai me dar lugar?”. E nada… A falta de bom senso (ou a cara de pau) das pessoas é impressionante. Mas também é impressionante quando uma moça resolve ver que há uma pessoa grávida ali e gentilmente cede o seu assunto. Toda a indignação foi embora em 1.5 segundos e se transformou numa felicidade flutuante, daquelas de desenho animado. Mais alguém percebeu que eu tô grávida. A segunda pessoa estranha que nota sozinha que eu sou uma gestante. Emoção!

É, mães são bobas. A gente não vê a hora da barriga crescer, não vê a hora de conhecer a carinha do bebê, depois não vê a hora da barriga sumir… A gente precisa é ter menos pressa e curtir mais cada momento dessa fase tão especial. É. eu sei. Fácil de  falar, difícil de fazer. Mas prometo continuar tentando ser menos impaciente. Só não dá para prometer que vou deixar de ser boba porque isso eu já percebi: é um caminho sem volta.

Anúncios

Uma opinião sobre “Mãe boba

  1. Van vc desccrevu direitinho como somos bobas mesmo e depois mais tarde claro ( mas não tão longe ) vc vai querer que as pessoas quando vc sair na rua falar AI QUE LINDA A MARINA ESTA CADE VEZ MAIOR< GORDINHA< ESPERTA…….ai depois que filha linda ela esta e depois o primeiro dia de aula, o primeiro beijo…..o primeiro tudooooooooooooo KKKKK sou mãe de duas adolescentes e SINTO MUITO ORGULHO DISSO….beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s